Um pedaço de mim

Rasgou minha alma, meu corpo.
Levou meus olhos, minhas pernas.
Quem tortura assim?
Trago essa dor em pedaços de mim.

Rasgou minha pele, meus braços.
Levou sem medo meus traumas.
Escondidos remoto em mim.
Quem tortura assim?

Trago as mãos vazias, escolta.
Lanço meu choro de pedra.
Minhas manias, revoltas.
Em um pedaço de mim.

Cavou meus receios, meus sonhos.
Esculpiu meus ossos e passos.
Quem tortura assim?
Um pedaço de mim em ti.

Anúncios

0 Responses to “Um pedaço de mim”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




setembro 2008
S T Q Q S S D
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Categorias

Acesso número:

  • 124,523 Páginas vistas.

%d blogueiros gostam disto: