Fortaleza da Solidão

Do lado em que nasce o sol, você repousava calma e bela. Dias seguintes, não enxergo mais a paz e a clarividência que a sua presença emitia. Distante do que éramos, estamos, agora, anos luz de uma estrada em destinos diversos. Cada um para um lado; silêncio entre nós dois.

Na briga interna de seu mundo, fragmentos atingiram minha calmaria alcançada depois de árduas lutas. Abalado, frágil e cansado das batalhas do passado, seu sorriso enfeita a galeria de minha memória rarefeita. Pedaços de sentimentos e sonhos destruídos. Em milhares de pontos, seu magnetismo, aos poucos, se perdeu de dentro de mim. Com quantos litros de medos se desfazem sentimentos? Quantos metros de dúvida acabam com o amor? Com quantos quilos de solidão são necessários para reconstruir uma alma em frangalhos? O silêncio de nós dois.

Mas te espero, pois o grito dos teus olhos é um misto de arrependimento, medo e insegurança. Somente em meus braços poderá, enfim, reencontrar o choque a equilibrar seus desatinos e arrependimentos de pecados do passado. Seu sorriso espontâneo despertou os sonhos que tive, esquecidos sobre a penteadeira. Desde que você partiu, o doce de meus lábios deu vazão à apatia e descontentamento. O silêncio de seus passos, a solidão de nossas palavras. O frio a arrepiar a alma.

Toda poesia é uma despedida. Você disse adeus e deixou em mim um vazio descomunal. Desde então, encobri minha dor com um manto azul: um amor e uma mágoa. Eu lavei meu rosto com palavras triste quando acenou-me tchau. De vez em quando, todos os olhos se voltam contra meus passos distraídos. No fundo, a espera que eu seja algo maior que eu sou. Em minha Fortaleza da Solidão, sem rascunhos de Krypton e superpoderes, observo o isolamento das pessoas nas grandes metrópoles.

No silêncio da noite, fecho os olhos e imagino você chegar.

Anúncios

4 Responses to “Fortaleza da Solidão”


  1. 1 Lívia Carvalho setembro 11, 2008 às 4:45 pm

    Ai que menino mais sentimental!!!!!

    Falando sério, está muito bom. Se eu fosse professora de português eu dava nota 10 para vc!!

  2. 2 Ana Paula setembro 11, 2008 às 4:52 pm

    eu fico triste em ver você assim, expressando sentimentos que dóem. mas pelo menos vc sabe expressá-los muito bem!

    queria eu ter o teu dom p escrever bonito assim! 🙂
    beeeijos, du!

  3. 3 byra dorneles setembro 12, 2008 às 5:36 am

    Amigo
    Irmao
    cada vez mais inspirado!
    Muito bom
    abraçao
    Byra

  4. 4 Larissa Pimentel setembro 12, 2008 às 3:59 pm

    Ohh….tá ótimo como sempre….mas fico triste de saber q vc se sente assim…..mas sei q botar pra fora te faz se sentir melhorr!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




setembro 2008
S T Q Q S S D
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Categorias

Acesso número:

  • 124,228 Páginas vistas.

%d blogueiros gostam disto: