Um pequeno devaneio

Quando escureceu, nenhuma luz por onde andava acendeu. Onde você estava? Onde estávamos nós além de dois corpos distantes em pensamentos imperfeitos. Quando anoiteceu, por que não me socorreu? Por que não te iluminei? Em que momento tudo que acreditávamos se perdeu? Foi o fim de tudo? O fim do mundo? O fim de nós!

Quando anoiteceu, a luz de sua casa permaneceu apagada durante a madrugada interminável. Eu, perdido em meus devaneios mais indesejados, perguntava onde poderia estar. Além de mim. Além dos quarteirões que separam os quintais do mundo. Distante dos muros que separam dois universos. Além de tudo. Muito além dos jardins que enfeitavam nossos sonhos, nossos planos, nossas vidas.

Vou sair para ver o mar e me perder entre os labirintos que distanciam nossos passos. Vou te procurar entre as estrelas e os satélites distraídos, que confusos me ditaram caminhos errados e esparsos. Eu irei caminhar por trajetos errados em diferentes passos. Em destinos errantes nas mais estranhas pegadas na areia. E vou te encontrar em um planeta abandonado no curto espaço entre nós dois. Em nossos abraços, em seus sorrisos largos.

Eu espero te ver deslizando entre luas e nuvens no azul aveludado do cosmos, sem gravidade. Suspensa entre as teias que amarram os destinos, em linhas paralelas amarelas e imaginárias que controlam o universo em expansão. Verei o seu sorriso estampado iluminando novas nebulosas. Em inúmeras constelações, nossos passos guiariam outros passos no escuro.

Anúncios

0 Responses to “Um pequeno devaneio”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




outubro 2008
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Categorias

Acesso número:

  • 124,228 Páginas vistas.

%d blogueiros gostam disto: